Paraguai enfrenta distúrbios após reimposição de quarentena

Atos violentos aconteceram em região do Paraguai que protesta contra imposição de nova quarentena.

A polícia de Ciudad del Este, no Paraguai, informou que 65 pessoas foram presas, nesta quarta-feira (29), por participação em distúrbios que pediam o fim da quarentena na região. 

Veículos foram incendiados e comércios saqueados, inclusive na cabeceira da Ponte da Amizade, que liga o Paraguai ao Brasil

De acordo com o jornal Gazeta do Povo, pelo menos seis pessoas ficaram feridas. Algumas, inclusive, foram atingidas com tiros.

O presidente Mario Abdo Benítez restabeleceu a quarentena na região do Alto Paraná, que registra 40% dos casos e 30% das mortes por coronavírus em território paraguaio.

Apesar dos protestos e da contestação do governador local, Roberto González, a medida está em vigor e terá validade de duas semanas.

Matéria original: RENOVAMidia

Filie-se ao Movimento Conservador: www.movimentoconservador.com