Lewandowski vota a favor de vacinação obrigatória contra coronavírus

O ministro foi o único a votar hoje no julgamento sobre vacinação contra coronavírus.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, votou, nesta quarta-feira (16), a favor de que estados e municípios possam determinar a vacinação obrigatória contra o coronavírus

Relator de duas ações sobre o tema, Lewandowski defendeu em seu voto que ninguém pode ser forçado fisicamente a se vacinar. 

No entanto, o magistrado destacou que podem ser impostas restrições de direitos àqueles que não tomarem a vacina, como a proibição do exercício de determinadas atividades ou do acesso a alguns locais. 

Em seu voto, Lewandowski declarou: 

“A saúde coletiva não pode ser prejudicada por pessoas que deliberadamente se recusam a ser vacinadas, acreditando que, ainda assim, serão beneficiárias da imunidade de rebanho.” 

Após o voto de Lewandowski, o julgamento foi suspenso e será retomado na sessão desta quinta-feira (17).  

Matéria original: Renova Mídia

Filie-se ao Movimento Conservador: www.movimentoconservador.com